português  česky 

Pesquisa avançada

Visto de curta duração (visto Schengen)

Cidadãos brasileiros não necessitam de visto para entrar em qualquer um dos Países Europeus integrantes do espaço Schengen (incluindo a República Tcheca), quando estiverem se deslocando a turismo e por no máximo 90 dias. Contudo, os cidadãos de outros países que tem a sua residência permanente no Brasil, poderão necessitar o visto Schengen para viajar para República Tcheca.

Apesar que o brasileiro não necessite o visto Schengen para viajar a República Tcheca a turismo, para garantir a sua passagem tranquila pela controle migratória na República Tcheca ou no país de sua chegada no espaço Schengen o turista brasileiro deverá trazer consigo:

  1. passaporte com uma validade de pelo menos três meses para além da data de saída prevista com pelo menos duas páginas livres
  2. documentos comprovando o motivo da viagem: p.e. a confirmação de reserva da agência de uma viagem organizada ou outros documentos que comprovem os planos de viagem
  3. documentos em relação ao alojamento como p.e. reserva de hotel
  4. passagem de retorno
  5. comprovante de seguro-saúde de viagem internacional para o período integral da permanência com a cobertura mínima de 30.000 (trinta mil) EUR e com a franquia de 0 (zero) EUR
  6. comprovantes de recursos financeiros suficientes para o período de permanência pretendido, p.e. cartão de crédito internacional

A lista de países cujos cidadãos precisam de visto para entrar na República Tcheca/espaço Schengen está disponível no site do Ministério das Relações Exteriores da República Tcheca. Visto de curta duração (visto Schengen) é emitido para permanências de curta duração no território dos países do espaço Schengen de, no máximo, 90 dias para cada período de 180 dias. Para solicitar uma entrevista para dar início ao processo de visto entre em contato com o Consulado por email ou telefono. O Consulado Geral somente aceitará pedido de visto Schengen caso a República Tcheca seja o único ou principal destino da visita do solicitante no espaço Schengen ou caso Tchéquia seja o país onde o solicitante  durante a sua viagem permanecerá por mais tempo durante a sua estadia no espaço Schengen.

É possível solicitar o visto Schengen de 6 meses a 15 dias antes da sua viagem. O prazo para decisão sobre o pedido é de 15 dias. Este prazo pode ser prorrogado para até 45 dias em casos específicos.


Requisitos para solicitar visto Schengen (passaporte NÃO brasilero)

  1. formulário visto Schengen preenchido e assinado
  2. uma foto atual (3,5 x 4,5 cm, colorida, com fundo branco)
  3. passaporte, que deverá ter uma validade de pelo menos três meses para além da data de saída prevista do espaço Schengen, com pelo menos duas páginas em branco, ter sido expedido nos dez anos anteriores
  4. uma cópia da página do passaporte com os dados pessoais
  5. Carteira de Registro Nacional Migratório do Brasil comprovando a autorização de residência válida do solicitante, que deverá ter uma validade de pelo menos três meses para além da data de saída prevista do espaço Schengen
  6. uma cópia da Carteira de Registro Nacional Migratório
  7. uma cópia de todos os vistos Schengen, do Reino Unido, EUA, Canadá ou Australia concedidos anteriormente
  8. documentos comprovando o motivo da viagem: a confirmação de reserva da agência de uma viagem organizada ou outros documentos que comprovem os planos de viagem; o convite de uma empresa ou de um órgão público para reuniões, conferências ou eventos comerciais, empresariais ou profissionais; original do convite oficial autorizado pela Polícia de Imigração Tcheca, etc.
  9. documentos em relação ao alojamento durante toda a estada no espaço Schengen: reservas de hotéis, original do convite oficial autorizado pela Polícia de Imigração tcheca, etc.
  10. reserva de um bilhete de avião de retorno e comprovantes de todos os traslados dentro do espaço Schengen
  11. comprovante de seguro-saúde de viagem para o período integral da permanência no espaço Schengen: com cobertura mínima de 30.000 (trinta mil) EUR e com a franquia de 0 (zero) EUR; o seguro deve abranger repatriação por motivos médicos, necessidade urgente de atenção médica e tratamento hospitalar de emergência; deve ser emitido apenas por uma empresa seguradora autorizada
  12. comprovantes de recursos financeiros suficientes para arcar com os custos do sustento tanto para o período de permanência pretendido quanto para a viagem de retorno: extratos bancários da conta do solicitante dos últimos 3 meses
  13. uma cópia do cartão internacional de débito ou crédito do solicitante
  14. comprovante de um vínculo empregatício: comprovantes de rendimento (holerites dos últimos 3 meses) e de emprego emitido pela empresa do solicitante mencionando seu cargo, salário e duração de contrato; última declaração de Imposto de Renda; comprovante de estudos no caso de estudantes
  15. outros documentos que permitam avaliar a intenção do solicitante de sair do espaço Schengen, por exemplo: comprovante de residência (conta de luz, água, gás ou TV a cabo); comprovante de integração no país de residência (laços familiares, situação profissional, propriedade de imóveis), etc.
  16. taxa de visto correspondente ao valor unitário de 80,- EUR (a não haver um acordo bilateral entre países, a taxa reduzida é de 40,- EUR, crianças até cinco anos não pagam) paga no momento de solicitação não é reembolsável caso o resultado da solicitação esteja negativo.

Importante: Assegure-se de entregar a documentação completa e no original! Pedidos incompletos podem levar à recusa de visto. Pedimos que organize os documentos apresentados na ordem acima mencionada. Tenha em conta que, em casos individuais, ainda poderá ser necessário apresentar outros documentos.

Lista de documentos de apoio dos pedidos de visto Schengen

Lista harmonizada de documentos de apoio dos pedidos de visto de curta duração/Schengen, submetidos no Brasil (lista em inglês). mais ►