português  česky 

Pesquisa avançada
na_celou_sirku
Photo: Markéta Pilátová
Recomendar o artigo Imprimir Decrease font size Increase font size

O grupo tcheco-brasileiro Klenot participou do prestigioso concurso nacional de dança Onça pintada

O grupo tcheco-brasileiro Klenot, cujos 16 membros frequentam cada domingo tarde as aulas da língua e cultura tcheca, participou no dia 15 de junho de 2017 do prestigioso concurso nacional de dança Onça pintada na capital do estado Mato Grosso do Sul, Campo Grande.

No concurso recebeu a Mençăo Honrosa e sus membros pela primeira vez danzaram a nova programaçăo preparada em colaboraçăo com os coreógrafos Jaroslav e Markéta Lukeš – especialistas em folclore da Morávia do Sul.

O casal Lukeš esteve no Mato Grosso do Sul en Novembro do 2016 trabalhando  tudo o mes com o grupo Klenot.

Klenot que forma parte da associaçăo de compatriotas tchecos „Oficina cultural tcheco-brasileira“,foi fundado em2005 teve a primeira apresentaçăo oficial nas festividades de 100 anos do Rotary Club. O grupo apresenta-se em trajens originais tchecos, moravos e eslovacos. O nome Klenot está baseado no pronuncamento do Jan Antoním Baťa, quem – no momento de fundar a cidade de Batayporă falou „a  terra é nosso Klenot“ o que quer dizer „jóia“. Su filhaLudmila,igual que ele, amou profundamente as cançőes  e danzas populares. Ao longo de muitos anos comprava trajens originais da antiga Tchecoslováquia. Recebeu a maioria dos imigrantes tchecos, que as vendiam no Clube tcheco em Săo Paulo.  Após o ano1989, quando foi  possível visitar a pátria legalmente,comprava as trajens na República Tcheca. A trajem mais antiga tem orígem na Eslováquia e foi comprado por Jan Antonín Baťa na  exposiçăo mundial em Nova York em 1939.

 

Atualment e o grupo está composto de 18 membro, sendo deles um 20 % descendentes dos tchecos e um 80 % danzarines brasileiros apaixonados pela língua e cultura tcheca. Em 2012 o grupo Klenot participou do VI. Festival  dos compatriotas tchecos no estrangeiro recebendo o máximo prémio. A diretora e coreógrafa principal é  a bisneta do Jan Antonín Baťa,Sra. Giomar  Baťa A. Costa e a presidente da Oficina cultural tcheco-brasileira su neta,Sra. Dolores Baťa Arambašič. Dolores ao mesmo tempo ciuda da manutençăo de trajens originais, o  que é em ambiente húmedo e quente do Brasil uma tarefa bastante difícil. Para o ano 2018 o grupo Klenot prepara a apresentaçăo no Festival Internacional do folclor em Strážnice (República Tcheca).

 

Galeria


2017-klenot-novaadradina