português  česky 

Pesquisa avançada
Recomendar o artigo Imprimir Decrease font size Increase font size

O sistema de educação tcheco

Conheça o sistema de educação tcheco e algumas informações para cidadãos estrangeiros.

O sistema de educação tcheco

O seguinte documento (esquema de educação na República Tcheca, 110 kB, pdf) mostra a divisão do sistema educacional tcheco.

 

  • Ensino Fundamental

As aulas nas escolas fundamentais e de nível médio são ministradas em tcheco. O estudo de línguas estrangeiras é obrigatório e as crianças podem escolher entre várias línguas. Existem escolas com programas extensivos de ensino em línguas estrangeiras e até algumas bilingues.

As crianças estrangeiras, sendo residentes na República Tcheca, recebem gratuitamente educação obrigatória nas escolas de ensino fundamental ou escolas especializadas. A admissão é sujeita à apresentação de permissão de residência na República Tcheca. Mais informações fornece a propria instituição do ensino fundamental.

 

  • Ensino Secundário

A admissão de um estrangeiro numa escola pública tcheca de ensino médio é sujeita entre outros ao conhecimento da lingua tcheca e à apresentação da permissão de residência na República Tcheca e

O pretendente que tinha completado a sua educação fundamental no estrangeiro deve fornecer o certificado de reconhecimento de equivalência.

Veja a lista de escolas secundárias e mais informações sobre o ensino médio no site www.stredniskoly.cz

 

  • Ensino Superior

Os estrangeiros cujo conhecimento da lingua checa seja suficiente, podem estudar nas universidades públicas gratuitamente, com as mesmas condições como os alunos tchecos.

Existem, porém vários programas em outras línguas para estrangeiros (mais frequentemente em inglês), oferecidas tanto pelas universidades/escolas superiores públicas ou privadas, que são pagos. 

Para entrar na universidade/escola superior, é necessário cumprir o ensino médio integralmente. Para os cursos de arte podem-ser candidatar também os estudantes com educação vocacional nos conservatórios. O pretendente que tinha completado a sua educação secundária no estrangeiro, deve fornecer o certificado de reconhecimento de equivalência.

Os exames de admissão nas universidades/escolas superiores são realizados nas datas determinadas pela  própria escola.

Caso tratar-se de um intercâmbio, ou estudos temporariamente limitados (bolsas etc.), o estudante não precisa de reconhecer a equivalência dos prévios estudos.

 

Veja a lista das universidades/escolas superiores e mais informações sobre as possibilidades de estudar na República Tcheca no site do Ministério de Educação


Links:

 

 

Anexos

Diagram_skolsky_system 99 KB PDF (Documentos Adobe PDF) 10/mar/2009